AURUM

O projeto da nova sede da Aurum foi construído ao longo de quase 10 anos, nos diversos projetos que fizemos e na convivência que tivemos com o casal de proprietários, Antonio e Sonia. Desde a casa onde moram, de um pequeno escritório quando transferiram um núcleo da empresa para Florianópolis, as discussões sobre a arquitetura sempre passaram pela qualidade dos ambientes, pelas questões de conforto ambiental e iluminação natural, pela relação visual com a paisagem

Neste projeto mais do que nunca a paisagem foi valorizada.

Já a escolha do espaço, com duas fachadas opostas envidraçadas, uma especialmente voltada para uma área de preservação e orientada para o sul, protegida da insolação, conferiu ao projeto características muito especiais.

Do ponto de vista do arranjo interno, a distribuição dos ambientes valorizou a livre visão para estas duas fachadas, acumulando nas extremidades opostas as sequencias de espaços fechados, aproveitando ao máximo a abundante luz natural.

Assim, o coração do escritório é o grande salão de trabalho, onde estão distribuídos os times de acordo com as áreas de atuação. A acústica foi o principal cuidado para viabilizar este salão como espaço de trabalho, resolvida principalmente com o revestimento vinílico flexível sobre o piso e o jateamento acústico do teto diminuindo a produção de ruídos e aumentando a absorção sonora no ambiente.

Complementando esses cuidados, foram criadas cabines especiais para ligações telefônicas, salas de criatividade e de reunião em diversos tamanhos, garantindo que as atividades que geram mais ruídos ou requerem maior concentração possam ser desenvolvidas sem conflito com o amplo ambiente coletivo.

O corredor de serviços une os ambientes de apoio (copa, banheiros, vestiários) e é separado do restante da sala por linhas de brises de madeira que filtram a visão e organizam a paisagem interna do escritório.

No lado oposto, as salas de reunião e criatividade são todas fechadas com divisórias de vidros duplos. Elas garantem o isolamento sonoro e a transparência para os tijolos de demolição que revestem internamente a parede. Os tijolos, além de aumentar a inércia térmica daquela fachada voltada para o sol da tarde, junto com os brises de madeiras equilibram a composição do ambiente interno, cheio computadores, mesas de trabalho, luminárias e instalações aparentes.

Na sala de reuniões principal a mesa desenhada por Pedro Grisotti é inspirada no jogo de ping pong, e eventualmente se transforma para oferecer momentos de descontração à equipe.

Arquibancadas servem de assento para as reuniões e armários para colchões para a prática de yoga

Fotos Pedro Caetano